GRUPO INOVALEITE

 

O Inovaleite é um grupo interinstitucional, formado por professores/pesquisadores da UFV, UFJF, UNICAMP, ILCT e UFSCar que trabalham com a ciência e a tecnologia do leite e derivados. O grupo, que é registrado no CNPq e possui sua marca registrada no INPI, desenvolve pesquisa, tecnologia e inovação industrial, promovendo o compartilhamento de conhecimento com a indústria de laticínios. As atividades do Inovaleite, sempre foram pautadas na parceria público-privada, e está completando 12 anos de atividades em 2020. Atualmente, o Inovaleite promove a integração do Centro de Recursos Microbiológicos (CRM), o Centro de Referência em Técnicas de Membrana (CRTM) e o Centro de Referência em Produtos Lácteos Concentrados e Desidratados (CRCD) instalados na UFV, com o laboratório de Química Tecnológica (QUIMTEC) da UFJF, e o Grupo de Pesquisa em Propriedades Tecnológicas e Funcionais de Proteínas Alimentares (PTFPA) da Unicamp. O trabalho desenvolvido em conjunto nestes diferentes laboratórios especializados, permite o desenvolvimento de pesquisas destinadas à Indústria de Leite e Derivados.
ESTRUTURAS QUE INTEGRAM O GRUPO INOVALEITE
GESTÃO INOVALEITE:
MISSÃO
Promover a ciência e a tecnologia do leite e derivados, desenvolvendo e produzindo de forma inovadora e diferenciada, conhecimento científico aplicado a favor da competitividade dos produtos/serviços fornecidos aos parceiros, por meio da melhoria contínua dos processos.
 
VISÃO
Ser o grupo de pesquisa referência em tecnologia para o setor lácteo industrial da América Latina.
VALORES
  1. Ser um grupo de pesquisa com consciência ética e de cidadania nos locais em que atua;
  2. Ser confiável, ágil e sólido no atendimento das necessidades dos clientes, encantando-os através da superação de suas expectativas;
  3. Desenvolver laços comerciais com fornecedores e clientes, objetivando parcerias de longo prazo e flexibilidade no atendimento às demandas;
  4. Proporcionar, aos integrantes do grupo, um ambiente de trabalho seguro e motivador, oferecendo realização profissional;
  5. Garantir a qualidade ambiental orientada pelo conceito de desenvolvimento sustentável, tendo compromisso com os seguintes princípios: gerenciamento dos aspectos e impactos ambientais em todas as atividades, produtos e serviços; prevenção e controle da poluição; melhoria contínua do desempenho ambiental; atendimento à legislação e às normas aplicáveis;
  6. Formar e qualificar estudantes para atuarem nas indústrias e centros de pesquisa e ensino, pelo modelo de aplicação do conhecimento científico à realidade experimental das indústrias de laticínios.
HISTÓRICO:

O grupo Inovaleite foi registrado em 2008 pelo Prof. Antônio Fernandes de Carvalho da UFV. Inicialmente, o grupo foi constituído por profissionais formados no Instituto de Laticínios Cândido Tostes, acostumados a buscar soluções aos problemas das indústrias de laticínios. As experiências internacionais dos integrantes seja durante a formação acadêmica, mestrado, doutorado e pós-doutorado ou viagens técnicas à países que produzem menor quantidade de leite que o Brasil, mas que investem em ciência e tecnologia serviram de inspiração para a estruturação da equipe. Na primeira fase do projeto, o STLO/INRA Rennes, França e Aula de Produtos Lácteos APLTA/USC, Lugo, Espanha foram dois importantes colaboradores científicos. Em seguida,  as parcerias foram expandidas com o STELA/INAF, Quebec, Canadá e CDR/UW Madison, Wisconsin. Apesar da realidade das empresas atendidas por estas instituições parceiras ser diferente, a metodologia utilizada por elas foi padronizada/aplicada nas atividades desenvolvidas pelo Inovaleite nos atendimentos às indústrias brasileiras, tendo no início apoio de várias empresas de ingredientes nacionais e internacionais.
O Inovaleite iniciou a concepção da sua infraestrutura em rede mediante a construção dos modelos dos Centros de Referência pelo Prof. Antônio Fernandes. Com o apoio financeiro da Fapemig/SECTES dentro do projeto do Polo de Excelência do Leite e do CNPq, o primeiro Centro de Referência em Técnicas de Membrana (CRTM) foi estruturado sob a consultoria do Prof. Jean-Louis Maubois. Na ocasião, foi importado um sistema de microfiltração com membranas de 0,8 e 1,4 micrômetros para a remoção da microbiota presente do leite e uma membrana de 0,1 micrômetros para a produção de caseína micelar e soro ideal. As parcerias com as indústrias iniciaram com cursos de aperfeiçoamento nos diferentes processos de separação por membrana.
Um segundo centro criado dentro do projeto e também coordenado pelo Prof. Antônio Fernandes foi o Centro de Referência em Recursos Microbianos para a Indústria de Alimentos (CRM). Esta unidade mantém uma coleção de culturas microbianas de interesse industrial e realiza estudo de  biodiversidade autóctone de leite e derivados de diferentes partes do Brasil. Estes trabalhos têm atraído empresas que buscam/demandam soluções de problemas microbiológicos e desenvolvimento de novos produtos com culturas inovadoras.
O terceiro centro criado foi o de Referência em Produtos Lácteos Concentrados e Desidratados (CRCD), sob a coordenação do Prof. Ítalo Tuler Perrone (figura 1). Este centro, desenvolvido em parceria com o Dr. Pierre Schuck e com o apoio da CAPES, CNPq e FAPEMIG,tem atraído um grande número de empresas que desejam otimizar a secagem de produtos inovadores e de difícil secagem.

Figura 1: Centro de Referência em Produtos Lácteos Concentrados e Desidratados (CRCD)

Com o passar dos anos, vários equipamentos foram adquiridos em parcerias com instituições de pesquisa e empresas privadas. Adicionalmente, outros laboratórios situados em outras instituições federais passaram a integrar o grupo. O Laboratório de Química Tecnológica (QUIMTEC) do departamento de Química da UFJF (figura 2), coordenado pelo Prof. Rodrigo Stephani e Prof. Luiz Fernando Cappa de Oliveira,  é um deles. O QUIMTEC é o único laboratório no Brasil em uma instituição pública de pesquisa a possuir uma linha completa de equipamentos para pesquisa tecnológica em ultra alta temperatura (UHT) associada a equipamentos analíticos de caracterização de materiais. Esta estrutura permite a realização de aplicações laboratoriais avançadas na área de lácteos.

Figura 2: Laboratório de Química e Tecnológica (QUIMTEC)

A área da ciência aplicada às proteínas lácteas é trabalhada, dentro do Inovaleite, pelo laboratório de Propriedades Tecnológicas e Funcionais de Proteínas Alimentares (PTFPA) da UNICAMP. Coordenado pelo Prof. Guilherme Miranda Tavares, o grupo de pesquisadores é formado por profissionais especializados nesta área que se apresenta como uma mega tendência de mercado nos próximos anos..
Assim, a infraestrutura única e mão-de-obra em rede altamente qualificada permite ao grupo suprir a demanda por um centro de transferência de conhecimento que ofereça serviços especializados e desenvolva novas tecnologias e metodologias de análises laboratoriais para a cadeia produtiva do leite.
Primeira logo do Inovaleite
Logo atual
VI SIMPÓSIO ANUAL INOVALEITE (2020):

1ST MEETING: UFV/Viçosa:

2ND MEETING: UNICAMP/Campinas:

3RD MEETING: UFJF & ILCT/Juiz de Fora:

© 2020 Inovaleite - Grupo de Pesquisa Multicêntrico
Instituições associadas por ordem de adesão:
Universidade Federal de Viçosa - UFV
Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
Instituto de Laticínios Cândido Tostes/EPAMIG
Universidade Federal de São Carlos/UFSCar
Avenida Peter Henry Rolfs - Campus da UFV
Viçosa/MG - Brasil