Microbiologia

 

A equipe de microbiologia estuda as comunidades microbianas associadas ao leite e derivados. Concentramos-nos em pesquisar a biodiversidade microbiana responsável pela caracterização de produtos lácteos, principalmente em queijos artesanais elaborados em diferentes regiões do Brasil. Os microrganismos isolados desses produtos são mantidos em nosso Banco Culturas e, posteriormente, são investigados quanto suas características genotípicas e fenotípicas.  Nossa ambição é entender a importância destes micro-organismos na caracterização dos produtos e verificar possibilidade de utilização industrial destes em condições e produtos definidos. Após o entendimento das propriedades técno-funcionais, organolépticas, bioprotetoras e probióticas das culturas, nós estudamos as estratégias para viabilizar a secagem por atomização daquelas que apresentam potencial de utilização industrial.

 

     Outro viés das nossas pesquisas é a identificação e caracterização de microrganismos deteriorantes e patogênicos em produtos lácteos. Neste aspecto, desejamos entender as diferentes vias de acesso destes micro-organismos aos alimentos e quais os principais produtos elaborados através do metabolismo microbiano. Adicionalmente, nós desenvolvemos estudos sobre a avaliação de métodos alternativos de enumeração de micro-organismos de interesse em lácteos. Este tipo de pesquisa possibilita a validaçao de métodos substitutos às técnicas convencionais, que apresentem como vantagens a rápidez e simplicidade de execução, sendo assim aplicados ao monitoramento da qualidade de produtos lácteos.

 

Alguns trabalhos da equipe:

  1. Caracterização físico-química, microbiológica e estudo da biodiversidade microbiana de queijos artesanais produzidos na Amazônia Brasileira.

  2. Biodiversidade da microbiota lática, caracterização físico-química e microbiológica do requeijão do sertão da microrregião de Guanambi, BA.

  3. Biodiversidade genômica de bactérias láticas endógenas da Zona da Mata e Campo das Vertentes, MG.

  4. Diversidade genética e fenotípica de bactérias propiônicas endógenas isoladas no Campo das Vertentes, MG.

  5. Biodiversidade de bactérias láticas e preservação por meio de liofilização e Spray drying de cepas de Lactobacillus plantarum isoladas de queijo Marajó.

  6. Diversidade bacteriana de queijo artesanal da região amazônica (Brasil) nas estações seca e chuvosa.

  7. Diversidade de cepas de Weissella spp. e potencial tecnológico dos isolados de diferentes regiões produtoras de queijo artesanal no Brasil.

  8. Lactococcus lactis subsp. lactis biovar diacetylactis AF019: sequenciamento genômico, produção de nisina Z e formação de compostos aromáticos.

  9. Aplicação de culturas microbianas comerciais e autóctones na aceleração da maturação e na melhoria da qualidade sensorial de queijos.

  10. Aplicação de culturas microbianas probióticas e bioconservadoras no desenvolvimento de produtos lácteos com alto teor de gordura.

  11. Utilização de estratégias para adaptar cepas de Lactococcus lactis à secagem por spray drying.

  12. Secagem de bactérias láticas para a produção de fermento para elaboração de queijo.

  13. Avaliação do potencial biotecnológico de bactérias do gênero Bacillus isoladas de leite UHT.

  14. Qualidade microbiológica de leite UHT fabricado no Brasil e diversidade genética de bactérias formadoras de esporos.

  15. Purificação, caracterização e avaliação da expressão diferencial de proteases por Pseudomonas fluorescens.

  16. Caracterização de risco de patógenos em queijo Minas Frescal.

  17. Enumeração de culturas starters durante a produção de iogurte utilizando PetrifilmTM AC associado a caldo MRS acidificado e M17.

  18. Enumeração de bifidobactéria utilizando PetrifilmTM AC em culturas puras e em leite fermentado elaborado com cultura comercial de Streptococcus thermophilus.

  19. Enumeração seletiva de propionibacteria em queijo tipo Emmental utilizando placas PetrifilmTM AC adicionado de caldo de lítio glicerol.

  20. Enumeração de mesófilos aeróbios em leite: avaliação de protocolos padrão oficiais e placa PetrifilmTM AC.

© 2020 Inovaleite - Grupo de Pesquisa Multicêntrico
Instituições associadas por ordem de adesão:
Universidade Federal de Viçosa - UFV
Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF
Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
Instituto de Laticínios Cândido Tostes/EPAMIG
Universidade Federal de São Carlos/UFSCar
Avenida Peter Henry Rolfs - Campus da UFV
Viçosa/MG - Brasil